Terça-feira, 24 de Maio de 2005

Digam Lá...

Não gostavam de saber se já tiveram algum orgasmo.
E se a resposta for positiva, não gostavam de saber quantos?

Segunda-feira, 23 de Maio de 2005

Dos Barbeiros/Cabeleireiros...

Porque é que nunca saí de nenhum barbeiro/cabeleireiro onde quer que fosse contente com o corte que me acabaram de fazer?
Porque é qe saio sempre com a impressão de que o que me acabaram de fazer não é mais que uma vingança em outrem por uma infância de penteados betinhos forçados?

Sexta-feira, 20 de Maio de 2005

Judaísmo X Catolicismo

O facto de os Judeus irem já no ano 5766 e os católicos apenas no ano 2005 serve para demonstrar a inutilidade do cristianismo, e provar o estereótipo Judeu.
Os Católicos demoraram 3761 anos a mais que os Judeus para começar o negócio.
No entanto, o Catolicismo prosperou no Mundo muitas vezes mais que o judaísmo o que me leva a pensar se de facto esperar um pouco para implementar um negócio não será mais inteligente...

Quinta-feira, 19 de Maio de 2005

Dos Colegas...

Tenho uma colega cá na empresa que a primeira coisa que me disse quando me conheceu foi que já não defecava há cerca de 5 dias. Que fazer?
O mal já está feito, por muito boa pessoa que ela seja, nunca mais conseguirei olhar para a sua cara sem a imaginar a espremer-se com as toneladas de bosta que o seu corpo comporta.
Mas porquê Eu?!

Ontem tive um pesadelo.

Sonhei que me tinham acorrentado a um cadeirão e me obrigava a ver sessões repetidas de filmes do Steve Martin e do António Banderas (na sua fase americana).
E não me conseguia levantar, nem para ir à casa de banho vomitar.

Quarta-feira, 18 de Maio de 2005

Da nossa Voz...

Quase todas as pessoas que conheço ficam envergonhadas, embaraçadas, ou mesmo irritadas quando escutam a sua voz numa gravação. Eu, por exemplo, sou assim. Será que negamos acreditar que aquela voz de matraca é de facto nossa? Será que quando a ouvimos, nos perguntamos, como é que foi possível andar por aí durante não sei quantos anos sem que ninguém nos dissesse que parecíamos um pato a falar?
Isto faz-me pensar....
De que é que se riam todas aquelas pessoas que passaram pela minha vida, sem que eu soubesse a razão para tanto humor? Hmmmm....
Malditas!
Bastardas!

Se o Mundo fosse Correcto

As cerejas seriam do tamanho de melancias, e as favas não existiriam.

Terça-feira, 17 de Maio de 2005

Do meu Nirvana...

Creio que descobri a forma mais fácil de se atingir o Nirvana. Para o alcançar basta estar a tomar duche e aproveitar esse momento para a leitura, juntando esses dois prazeres no mesmo local.
Porém, na falta de um Shakespeare, um Paul Auster, ou mesmo um Saramago, servem mesmo as indicações do champô, do gel de banho, do sabonete ou ainda melhor a posologia de algum medicamento para queda de cabelo.

Sexta-feira, 13 de Maio de 2005

A Mãe

Quando nasci, a minha mãe sonhava que eu, como seu filho fosse aplicado, responsável, obediente, bonito, tranquilo, que estudasse para ser alguém respeitado, e que tivesse muitos filhos.
Agora, mais de 30 anos depois, acho que ela se resignou e é feliz apenas porque saí de casa e às vezes lavo os meus pratos.

Quinta-feira, 12 de Maio de 2005

Saca lá disso...

Em relação ao post anterior, acho bastante engraçado o facto de se «sacar» músicas da internet.
Creio mesmo que é por isso que a malta agora, em vez dos pénis, número de filhos, mulheres, carros e empregos, compara computadores, telemóveis e essas coisas da nova tecnologia.
Já estou a imaginar, dois indivíduos ao meio dia sob o Sol do deserto, com dois portáteis ligados ao Emule via wireless a ver quem «saca» mais rapidamente o último êxito da temporada.

Trauliteiradas

Um destes dias deu-me um ataque, e fiz o download de uma série de músicas daquelas trauliteiras que ficam no ouvido mesmo que não queiramos.
Uma das que me deu mais gozo sacar foi a do Sérgio Godinho da série infantil «Os amigos do Gaspar», até a coloquei no telemóvel como música do despertador, o que torna meu acordar mais rápido e alegre por causa do apito do Guarda Serôdio.
E se com isto a minha mulher não me deixou, é porque está provado que me ama!

Quarta-feira, 11 de Maio de 2005

Desembaralhem-me ....

Porque é que uma coisa que se usa entre as bochechas se chama fio dental? Alguém tem dentes lá?

Dos heróis

Porque é que chamamos «heróis» aos soldados que morrem no campo de batalha?
Não deveriam ser heróis os que voltam vivos?
Em teoria, vai-se para a guerra para matar e não para ser morto, por isso se se consegue matar uns quantos e regressar com vida cumpriu-se a missão. No entanto parece que funciona tudo ao contrário, por exemplo:
Ao tipo distraído que estava a jogar à bola num campo minado, ou ao que se espatifou no chão porque dobrou mal o pára-quedas é-lhes erigido um monumento.
Isto é extremamente injusto para os que se safaram, e que ainda por cima, muitos deles vários anos depois tiveram que levar com o Paulo Portas a prometer-lhes pensões, o que agrava em muito o sofrimento e deixa mais sequelas que a guerra.

Posto isto:
Manuel, meu sogro, quero que saibas que para mim és um herói pá.!...

Terça-feira, 10 de Maio de 2005

Das dores...

Em primeiro lugar, na lista de dores masculinas está, sem dúvida o pontapé na genitalia, disso ninguém tem dúvidas, e nem há possibilidade de debate.
Mas em segundo lugar (que obviamente poderia ser primeiro na lista Unisexo) está o arrancar daquelas pelezinhas rígidas que se levantam ao redor das unhas, ou então o cortar-se entre os dedos com uma folha de papel.

Segunda-feira, 9 de Maio de 2005

Da minha infância

Sou o típico homem que quando era miúdo era muito, mas mesmo muito giro. Era mesmo um bebé Cerelac, modéstia à parte. Parecia que prometia vir a ser de uma beleza simples mas atraente. Hoje, muitos anos depois, as referências ao meu semblante, resumem-se apenas às seguintes expressões:
- Ah, eras um bebé tãããão bonito...
- Tinhas um ar mesmo engraçado, eras um bebé lindo...
E depois destas frases ficam calados, deixando no ar um silêncio carregado de interrogações. Vê-se que não me querem magoar. Nota-se que não me querem dizer o que é que eu pareço agora...

Sexta-feira, 6 de Maio de 2005

Chinatown

Gostava que também Lisboa tivesse um bairro chinês, uma «Chinatown», como S. Francisco ou Nova Iorque, ou uma outra «town» qualquer, cheia de outras nacionalidades exóticas.
Estes bairros são sítios mágicos onde podemos, por alguns instantes imaginar que estamos noutro pais, noutro mundo que não é o nosso, e no entanto estamos tão perto de casa...

Mas, peráí, afinal até temos.
Desculpem lá sair à pressa, mas vou apanhar o metro para o Martim Moniz!!.

Quinta-feira, 5 de Maio de 2005

Voucher

Se referir que é leitor deste Blog, obtém um desconto de 10% nos estabelecimentos aderentes, na compra de pílulas de alho Rogoff, em cápsulas Q.I. Plus, Pharmaton e outras mezinhas para a mente e para a idade.

Quarta-feira, 4 de Maio de 2005

Para não haver tentações....

Ontem criei o www.dizeresmeus.blogspot.com.
Não escrevi lá nada, nem sei se o vou fazer, mas é sempre bom marcar território porque ele andam praí uns mânfios que se a gente não se põe a pau, registam noutro servidor este blog mui popular com mais de tres mil visitas (OK, são só umas 100, porque o resto são refreshes meus e do dizeresdocontra, para ver se o contador estava mesmo a funcionar e tal) e depois vêm dizer que eles é que registaram esta designação antes e mais não sei o quê, e ainda nos exigem dinheiro em troca.
Lembram-se do que aconteceu à Madonna?, e à Nike?, pois é!, eu também não quero que me aconteça o mesmo, porque isto infelizmente é um mal que nos acontece a nós pessoas conhecidas, personagens públicas e outros famosos.

Terça-feira, 3 de Maio de 2005

Computices

Não me perguntem porquê, mas a primeira coisa que faço quando ligo um computador (qualquer que ele seja) com o Windows, é esvaziar a Reciclagem.
Depois de o fazer, continuo para o objectivo que me levou a ligar a máquina.
Não me perguntem porquê, é mais forte que eu.

Segunda-feira, 2 de Maio de 2005

A Imagem Bizarra da Semana

Se tivesse que eleger a imagem mais bizarra da semana já sabia o que haveria de colocar em primeiro lugar: Uma tartaruga com meio corpo dentro do prato de comida de um Pitbull, a comer-lhe o almoço granulado, enquanto este ladrava a plenos pulmões por estar a ver a cena e estar preso a uma corrente que o impedia de abocanhar o quelónio. Enquanto isto, o dono da tartaruga ria-se desalmadamente. E viva o povo português!

.Procurar Dizeres

 

.Agosto 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.Dizeres recentes

. VOTEM Na Bandeira que Que...

. Bandeira de Portugal Alte...

. Bandeira de Portugal Alte...

. Bandeira de Portugal Alte...

. Bandeira de Portugal Alte...

. Bandeira de Portugal Alte...

. Bandeira de Portugal Alte...

. Bandeira de Portugal Alte...

. Bandeira de Portugal Alte...

. Bandeira de Portugal Alte...

.Dizeres Antigos

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

SAPO Blogs

.subscrever feeds