Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DIZERES MEUS

DIZERES MEUS

23
Mar05

Problema gramatical..

dizeresmeus
Hoje, deparei com a seguinte expressão, na caixa de um brinquedo recém-adquirido numa loja chinesa, dessas que nascem como cogumelos em cada esquina.
Dizia o seguinte: «Cuidado porduto flamavel»
Eh pá, com a palavra «porduto» posso eu bem, porque é uma gralha e tal, mas o que me fez de facto pensar foi a palavra «FLAMÁVEL». Fui ao diccionário e não a encontrei, só encontrei Inflamável. Mas isto não me deixou descansado, pois grande parte do meu ser continua a achar que Flamável é que está certo. Pois se é Flamável, quer dizer que pode pegar fogo, ao passo que se é INflamável, deveria ser imune ao fogo, certo?.
Não, errado!, O Diccionário é que sabe.
E mai nada.
22
Mar05

Das reencarnações...

dizeresmeus
Sei que noutra vida terei sido um Viking, mas um daqueles que nem os seus apreciavam. Isto acontecia porque normalmente ficava tão entusiasmado e excitado com cada ataque que: ou não conseguia avançar por fazer xixi na indumentária, ou avançava com tanta pujança que começava a incendiar tudo, mesmo antes do saque... Suponho que é mais difícil roubar uma casa em chamas, sendo por isso que posteriormente me agrediam os meus próprios companheiros.
Depois desta, voltei a reencarnar como Viking, mas embora mais cauteloso no ataque, não perdi por completo a estupidez, e uma vez por desafio, misturei vinho com melancia e, obviamente morri outra vez.
Em todas as outras reencarnações seguintes já não fui mais Viking, é muito difícil e morre-se muito.
21
Mar05

É só para avisar...

dizeresmeus
flowers.jpg
Que hoje começou a Primavera.
Veio cinzenta, escura e molhada, mas cheia de esperança e de vida carregada em cada gota de água caída do céu.
O que é que querem?, hoje deu-me para aqui, para o sentimento poético, por isso decidi plantar esta flor aqui no blog. Acho que é alergia aos pólens.
21
Mar05

Persistência

dizeresmeus
Hoje chovia quando saí de casa, e dei por mim a pensar no bem que a chuva faz, em vez de pensar na chatice que é chegar molhado ao trabalho. Ao pensar nisto, reparei numa série de ervas agarradas à parede velha e cheia de gretas de um edifício velho. Pensei para mim mesmo: Será um canto à vida ou apenas casmurrice delas?, porque escolherão um sítio tão inóspito para viver?
19
Mar05

A Infância continua a perder-se

dizeresmeus
peter.jpg
Hoje li ou vi não sei onde, que o hospital pediátrico ao qual pertencem os direitos da obra Peter Pan atribuiu a uma jovem escritora, a tarefa de escrever a continuação da história dos meninos a Terra do Nunca, do Capitão Gancho, da fada Sininho e do Crocodilo. Nesta nova história, Peter Pan aparece como adulto, mas ainda na Terra do Nunca.
Claro que esta continuação era inevitável, sobretudo se tivermos em conta o mundo em que vivemos, e no qual as receitas falam mais alto que a memória da infância que queremos preservar. Porém fica-me um vazio enorme quando vejo desaparecer deste modo para o mundo adulto (leia-se o mundo onde todo o mal é possível, e de facto acontece).
Peter Pan adulto!, Já viram isto?! Qualquer dia vemos a Heidi na versão trabalhadora independente, a Maia como rainha da colmeia, o Marco contabilista, ou o D’Artacão como subintendente de polícia.
18
Mar05

Os Gestos

dizeresmeus
Um erro comum em que caímos muitas vezes, é não ter sempre um gesto bonito com as pessoas que o merecem. Isto acontece por vários motivos, seja por stress, por distracção, pela vida tumultuosa que vivemos nas cidades, ou seja pelo que for.
Mas para mim, mais grave é termos gestos bonitos com a pessoa errada, porque no fundo elas nunca o reconhecem.
17
Mar05

CHEGA-LHE C’A VARA …..

dizeresmeus
Já me tentaram ensinar, várias vezes, que o desprezo é o melhor remédio para muita coisa … É MENTIRA! NÃO RESULTA!
Existem aquelas pessoas que invadem o nosso espaço, a falar entusiasticamente de algo que não nos interessa para nada. Vai daí, lembramo-nos do ensinamento, e sem desviar o olhar do ecrã (para demonstrar o desprezo total e absoluto), continuamos a teclar para que mesmo que não estejamos, possamos parecer ocupados!
O problema é que esse tipo de pessoas não se toca, e o desprezo demonstrado transforma-se numa proximidade física revoltante, senão nojenta!
Enquanto tentamos trabalhar, ou what ever, elas vão-se aproximando cada vez mais e vão subindo o tom de voz cada vez mais e quando damos por isso, temos perdigotos no ecrã, nos papéis, nos olhos …. EMTODÓLADO!!!!
Já me passou pela cabeça várias vezes recorrer à violência! Mas … Nestes casos meus amigos, acho que a solução terá que passar a ser drástica! Teremos que buscar forças onde julgávamos não ter e soltar uns traques para poder comentar:
“O ambiente aqui está abafado, não?!”
17
Mar05

Micronokia ou Nosoft?

dizeresmeus
Aqui há um tempo ouvi dizer que a Microsoft iria desenvolver uma solução tipo Windows para os telemóveis da Nokia.
Pergunto-me, será que terá mais três teclas que o normal?: Crtrl+Alt+Del.

Update:
A Microsoft já disponibilizou três patchs, cinco anti-virus e umas 120.000 correcções para erros de sistema neste software. Basta irem a Micronokia.com.

Update 2:
Já são 123 patchs, 345 Anti-Vírus e 4 milhões de correcções para erros de sistema...
16
Mar05

Che Guevara Inc.

dizeresmeus
Como pessoa ligada ao Marketing, lamento profundamente que Che Guevara tenha morrido antes de conseguir lançar a sua própria marca de roupa.
Com esta morte, o socialismo revolucionário perdeu a sua grande oportunidade de gerar receitas, e de ter uma boa estratégia de Marketing.
15
Mar05

Oráculos

dizeresmeus
Esta vida não me anda a correr nada bem, por isso, um destes dias decidi ir visitar um oráculo desses que existem nas nossas cidades em cada esquina.
Eis o que me disse:
«...Vejo os sonhos da mulher com a qual sonhas... Mas tu não apareces, tu não estás lá».
«...Não, o Mundo não tem nada contra ti. Não há mãos escondidas a puxar cordéis manipuladores, nem complots por detrás das tuas desgraças, nem sabotagens, maus olhados ou feitiços por detrás da tua fala de sorte... És simplesmente azarado e desastrado... Todas as tuas desgraças são fruto do acaso...»
«A verdade leva à liberdade, e a liberdade aproxima-nos da felicidade... A verdade não nos torna felizes, na maior parte das vezes sucede o contrário. Primeiro tens de ser livre, aceitar a verdade na sua plenitude e depois, só depois começa a caminhada...»

Ou seja, estou mesmo tramado, nem o consolo de um destino feliz, mesmo imaginário eu tenho. Para a próxima gasto os 5 Euros em jornais, pelo menos, as más notícias têm mais probabilidade de serem relativas a outros que não eu.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2005
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2004
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D